Ioimbina para Musculação, Perda de Gordura e Energia


Ioimbina, antigamente, um composto era extraído da casca da árvore africana conhecida como Pausinystalia johimbe. Foi descoberta pelos Pigmeus e os San na África Ocidental e era comumente usado como afrodisíaco e como remédio para disfunção erétil.

Desde então, o composto ganhou cada vez mais atenção. Hoje, tornou-se uma parte importante do mundo fitness, e muitos marombas estão usando por seus benefícios em face da perda de gordura e melhoria da energia.

Este artigo fornece tudo o que você precisa saber sobre Ioimbina e seus benefícios, seu uso voltado para a musculação e perigos potenciais.

Ioimbina para Musculação, Perda de Gordura e Energia

Mas, o que é Ioimbina e Como Funciona?

A ioimbina é um suplemento de musculação eficaz. Vários estudos confirmam que melhora a perda de gordura. Também é eficaz e aumenta os níveis de energia e melhora a resistência. A ioimbina é mais eficaz quando usada em jejum. 

A ioimbina é um alcaloide natural conhecido principalmente como um composto de queima de gordura. Como abordamos, também se diz que o composto estimula o apetite sexual, aja vista que age como um vasodilatador e é considerado um estimulante.

É mais comumente encontrada como Yohimbine HCL em forma de suplemento – uma molécula de ioimbina extraída naturalmente combinada com ácido clorídrico.

O composto atua principalmente em duas frentes:

  • Primeiro, aumenta os níveis do hormônio noradrenalina, que é o principal responsável pelo estado de alerta e energia que sentimos (1). Assim como a cafeína, ativa o sistema nervoso simpático de luta ou fuga e aumenta a queima de calorias (2).
  • Em segundo lugar, inibe um certo processo regulatório dentro do corpo, que normalmente suprime a perda de gordura. Esses efeitos, no entanto, são parcialmente negados pela ingestão de alimentos, razão pela qual é recomendável tomá-la em jejum.

Agora, os efeitos da ioimbina não terminam aqui. Afeta diferentes receptores dentro do corpo, o que lhe dá algumas reviravoltas extras. Portanto, mesmo sendo um composto natural, não é 100% seguro e deve ser tomado com cautela.

Vamos dar uma olhada nos efeitos da ioimbina em nós.

Ioimbina para Perda de Gordura

Ao contrário de muitos aspirantes a queimadores de gordura, a Ioimbina demonstrou nos ajudar a perder gordura de forma confiável.

Em um estudo, os pesquisadores procuraram determinar os efeitos da ioimbina no desempenho esportivo e na composição corporal em jogadores de futebol (3).

Vinte jogadores profissionais de futebol foram divididos em dois grupos:

  • Um Grupo ingeriu doses duas vezes ao dia de 10 miligramas de ioimbina cada por 21 dias.
  • Outro grupo recebeu um placebo.

Os pesquisadores não conseguiram encontrar uma diferença significativa no desempenho e na força do exercício, mas o grupo da ioimbina teve uma perda significativa de gordura quando comparado ao grupo placebo.

Outro estudo de 2002 analisou os efeitos da ioimbina na perda de gordura (4).

Os pesquisadores sugeriram que a ioimbina tomada em jejum antes do exercício aumenta a lipólise (queima de gordura) e os níveis séricos de ácidos graxos livres.

Eles também sugeriram que a ioimbina tem os maiores efeitos quando tomada em jejum e que seus potenciais efeitos sinérgicos com a cafeína devem ser explorados.

Em outro estudo, mulheres magras e obesas receberam 15 mg de ioimbina por dia (5).

Os pesquisadores descobriram que a ioimbina aumentou o gasto de energia em repouso e induzido pelo exercício em cerca de 8%.

O composto também levou a maiores liberações de ácidos graxos livres e glicerol – em linha com os achados do estudo anterior.

Ao longo das quatro semanas, o grupo da ioimbina viu uma incrível perda de peso semanal média de 1,5 libras a mais quando comparado ao placebo.

Mais um estudo que merece destaque aqui é o de Galitzky et al. (6).

Nele, os sujeitos receberam uma dose de 0,2 mg por quilo de peso corporal de ioimbina em jejum. Para um homem de 80 quilos, isso equivale a 16 mg.

Nesse estudo se viram muitos efeitos semelhantes aos que tivemos em outros estudos: glicerol elevado e ácidos graxos livres.

Também descobriu-se que as concentrações plasmáticas de norepinefrina aumentaram de 40% a 50%, sugerindo ainda mais a ideia de maior queima de gordura.

Além disso, os efeitos de queima de gordura da ioimbina foram reforçados pelo exercício e completamente negados depois de comer.

Então, qual é conclusão aqui?

A ioimbina parece aumentar a queima de gordura e o faz através de alguns mecanismos. Mas seus efeitos são mais proeminentes durante o exercício e são completamente negados pela alimentação.

No mundo real, isso significaria que devemos tomar ioimbina em jejum e fazer um treino (ou uma sessão de cardio) logo depois, antes de comer uma refeição.

O jejum intermitente pode ser muito vantajoso aqui. Saiba mais sobre o assunto em nosso artigo: Jejum Intermitente: Guia com Plano de Dieta e Treinos.

Ioimbina e Cafeína

Se você prestou atenção até agora, provavelmente percebeu que a ioimbina e a cafeína compartilham muitos dos mesmos efeitos.

Assim como a ioimbina, a cafeína demonstrou aumentar a taxa metabólica, atuar como estimulante e suprimir o apetite (7 , 8 , 9).

A questão é que não temos muitas pesquisas que analisem os efeitos da cafeína e da ioimbina simultaneamente.

Claro, por conta própria, ambos parecem ótimos. Mas tenha em mente que eles são estimulantes que podem aumentar nossa pressão arterial e frequência cardíaca em repouso.

Então, se você quiser, pode experimentá-los juntos, mas comece com uma dose mais conservadora e veja como isso afeta você.

Nada quer dizer que você não possa colher os benefícios de ambos se os separar um do outro.

Ioimbina e Cafeína

Ioimbina para Musculação e Energia

Tendo mostrado efeitos promissores com a estimulação do sistema nervoso simpático e o aumento das concentrações de catecolaminas, é justo supor que a ioimbina possa vir a ser um ótimo suplemento energético.

Mas é?

Um estudo interessante de 2014 se propôs a responder exatamente a essa pergunta (10).

Os sujeitos do estudo foram 20 estudantes saudáveis ​​do sexo masculino. Eles receberam um placebo ou 5 mg de ioimbina duas horas antes do exercício.

Os testes foram então realizados em bicicletas ergométricas. Os pesquisadores também testaram o VO2 max para estimar o consumo de oxigênio durante o protocolo.

Parece que a ioimbina aumentou de forma confiável todos os parâmetros quando comparado ao controle placebo – calorias queimadas, distância, velocidade média e tempo total de exercício.

Vale ressaltar que o grupo da ioimbina colocou mais esforço em seu teste de ciclismo, o que poderia explicar parcialmente (ou totalmente) a maior velocidade média, maior distância e mais calorias queimadas.

Mas, os pesquisadores também descobriram que a ioimbina acelerou significativamente o consumo de oxigênio, o que explicaria o maior tempo de fadiga.

Então, vale a pena explorar mais essa ideia em pesquisas futuras. Certamente são promissoras.

Então, o que podemos concluir aqui?

Parece que a ioimbina pode aumentar de forma confiável nosso desempenho no exercício.

Como vimos no estudo da Universidade Al-Mustansiriya, apenas 5 mg tomados duas horas antes do exercício podem trazer muitos benefícios.

Além disso, visto que a ioimbina é principalmente apontada como um queimador de gordura, a maioria das pessoas a tomaria em conjunto com um déficit calórico e em jejum.

Se você já se pegou treinando em jejum, sabe o quão difícil pode ser reunir energia suficiente para treinar de forma produtiva.

Acrescente ao fato de que um déficit calórico também pode prejudicar nosso desempenho, e você tem mais um bom motivo para explorar a ioimbina.

Alguns fabricantes de suplementos adotaram essa linha de raciocínio e começaram a incluí-la em seus pré-treinos como fonte de energia – a conhecida Yohimbine HCL.

Desde que cada dose contenha pelo menos 5 mg de ioimbina, você poderá colher os benefícios para o crescimento muscular e a perda de gordura.

Como Tomar Ioimbina: Dosagem e Tempo

Até agora, temos alguns números diferentes sobre as doses de ioimbina dos estudos. E é importante entender a dose clinicamente eficaz (e segura) porque a ioimbina não é um composto para mexer.

Estudos sugerem que 0,2 mg de ioimbina por quilograma de peso corporal parece uma dose tolerável e segura.

Se você pesa 80 quilos, uma dose segura seria por volta de 16 mg.

Em um dos estudos anteriores, vimos que essa dose específica aumentou as concentrações de catecolaminas em até 50% e aumentou os níveis de ácidos graxos livres, sem induzir ansiedade ou aumentar a frequência cardíaca e a pressão arterial em repouso (6).

Porém, se achar melhor começar em uma base mais conservadora, poderia começar com 0,1 mg por quilo e trabalhar lentamente até 0,2 mg. Novamente, se você pesa 80 quilos, isso seria uma dose superior de 8 mg.

A Yohimbine HCL afeta a todos de maneira diferente, e é importante sentir a água com o dedo do pé antes de mergulhar.

Além disso, um dos estudos acima nos mostrou que apenas 5 mg podem aumentar o desempenho do exercício, o consumo de oxigênio e o tempo até a exaustão (10).

O momento também é importante. Está bem estabelecido que níveis elevados de insulina anulam completamente os efeitos da ioimbina (6).

Então, você tem que tomar ioimbina em jejum. Idealmente, você também deve se exercitar nessa época para aumentar seus efeitos.

Uma boa maneira de incorporar a Yohimbine HCL em seu regime de condicionamento físico é combiná-la com o protocolo padrão de jejum 16:8.

Por exemplo: você tomaria ioimbina logo pela manhã, faria uma sessão de cardio e tomaria apenas água, café preto e, opcionalmente, dez gramas de BCAAs. Então, algumas horas depois, no almoço, você quebraria o jejum com sua primeira refeição.

Certifique-se de ter muita proteína para anular qualquer perda muscular.

Meia-vida de Ioimbina

A meia-vida da Yohimbine HCL não é algo com que você deva se preocupar muito, mas por uma questão de completude.

O corpo absorve rapidamente a ioimbina e as concentrações plasmáticas atingem o pico cerca de trinta minutos depois.

A meia-vida da ioimbina é de cinco horas. Ou seja, você pode esperar que a ioimbina o afete por algumas horas após a digestão, com seus efeitos sendo os mais proeminentes logo após a ingestão.

Isso parece estar de acordo com o cronograma que descrevemos no tópico anterior, onde você toma ioimbina ao acordar.

Dessa forma, se você também praticar o protocolo de jejum 16:8, terá algumas horas sólidas para se beneficiar da ioimbina antes de fazer sua primeira refeição e elevar seus níveis de insulina.

E-book Bíblia do Maromba
Ebook Bíblia do Maromba: dicas de treino, alimentação e dieta para não cometer os erros que a maioria cometem.

Efeitos Colaterais e Desvantagens da Yohimbine HCL

Antes de encerrar este guia, é importante abordar os possíveis efeitos colaterais e desvantagens da ioimbina.

Como abordamos no início, embora a ioimbina seja um produto natural, não é incondicionalmente segura.

1. Pode aumentar a frequência cardíaca em repouso e a pressão arterial.

Em um estudo, homens não treinados receberam altas doses de ioimbina (0,4 mg por quilo) (11).

Esse estudo observou um aumento da frequência cardíaca em repouso e pressão arterial em cada um dos indivíduos. Isso não é surpreendente, visto que a ioimbina é um estimulante e tem muitos dos mesmos efeitos que a cafeína.

Alguns pesquisadores teorizam que o aumento da pressão arterial pode ser a razão pela qual a ioimbina ajuda alguns homens com disfunção erétil.

No entanto, isso ainda é um fator de risco cardiovascular, e você pode evitar a ioimbina (ou tomar doses muito conservadoras) se tiver pressão alta.

2. Pode induzir ansiedade.

No mesmo estudo que mencionamos acima, os pesquisadores descobriram que a ioimbina também induziu ansiedade nos indivíduos (11).

Para ser justo, os pesquisadores usaram uma dose muito grande (o dobro do que parece ser o limite superior seguro), mas ainda é algo que você precisa observar.

3. Pode causar retenção de líquidos.

Isso é principalmente anedótico e não científico, mas algumas pessoas relatam retenção de líquidos ao tomar ioimbina.

Visto que o composto é usado principalmente como um queimador de gordura, isso pode ser um efeito colateral infeliz.

A retenção de líquidos pode “mascarar” seu progresso temporariamente (tanto na escala quanto visualmente), então é outra coisa que vale a pena observar.

4. Seu corpo pode desenvolver uma tolerância à ioimbina.

Vimos grandes diferenças entre as descobertas de curto e longo prazo sobre a suplementação de ioimbina, o que provavelmente é causado pela tolerância.

Assim como a cafeína (ou qualquer estimulante, na verdade), nosso corpo também cria uma tolerância à ioimbina.

Parece que a estimulação da noradrenalina da ioimbina é perdida em apenas duas semanas de suplementação com 12 mg por dia (12).

A Yohimbine HCL ainda tem um efeito sobre as catecolaminas dentro do corpo, mas seus efeitos sobre nossa energia e taxa metabólica de repouso tornam-se menos pronunciados.

Conclusão

Ioimbina é um popular suplemento de ervas comercializado para ajudar na disfunção erétil e melhorar a composição corporal e a perda de peso.

Há evidências de que pode efetivamente melhorar a disfunção erétil, perda de peso e composição corporal. Porém, deve ser consumida com cautela devido alguns possíveis efeitos colaterais potencialmente prejudiciais.

Então, além de um certo cuidado com as dosagens, ciclar Yohimbine HCL pode ser um bom plano de longo prazo para sua próxima fase de perda de gordura.

Por exemplo: tomá-la por duas semanas (lembre-se do limite superior seguro) e depois parar por mais duas semanas.

E sempre vale lembrar que antes de tomar qualquer medicação ou suplementação deve-se consultar um médico e comprar produtos de empresas confiáveis.

Referências:

  1. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23559222
  2. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/1890156
  3. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/17214405
  4. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/12323115
  5. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/2877928
  6. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/2906290
  7. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/2333832
  8. https://www.karger.com/Article/Abstract/118984
  9. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23671022
  10. https://www.iasj.net/iasj?func=article&aId=98178
  11. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21710402
  12. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/1963844

Esta informação foi útil?

Os posts assinados pela Equipe Treinos Maromba são escritos e revisados por nossa equipe de redatores web, SEO e por profissionais da saúde de várias áreas ligadas a musculação e bem-estar com o intuito de contribuir para o mundo da maromba, trazendo até você as melhores informações com base na ciência e expertise.

Assine e receba GRÁTIS em seu e-mail, promoções e conteúdos exclusivos que não compartilhamos em nenhum outro lugar!

LEIA TAMBÉM

Sanduíche Vegetariano de Queijo Grelhado, Tomate Seco e Ovos Mexidos

Sanduíche de Queijo Grelhado com Tomate Seco, Ervas e Ovos Mexidos

Começar o dia nunca foi tão bom com este sanduíche de café da manhã fácil! Com o equilíbrio perfeito de proteínas, carboidratos e gorduras, o seu dia começará forte!
Cheeseburger Grelhado e Defumado com Chipotle e Cheddar

Receita de Cheeseburger Grelhado e Defumado com Chipotle e Cheddar

Cheeseburger de lombo grelhado com cheddar e chipotle fácil de fazer que deriva um maravilhoso sabor defumado da adição de café. Sabor incrível!
Treino de Corpo Todo de 20 Minutos em Casa

Plano de Treino de Corpo Todo de 20 Minutos em Casa

Precisa de um treino rápido, de corpo todo e que possa fazer no conforto da sua própria casa, em menos de 20 minutos? Então veja este plano!
Observações:

Os conteúdos do Treinos Maromba são elaborados por uma equipe editorial auxiliada por diversos profissionais ligados a musculação e bem-estar, são fornecidos apenas para fins informativos e não substituem de forma alguma o conselho do seu médico ou outro profissional da saúde. Antes de iniciar uma atividade física, dieta ou ingerir qualquer substância, sempre procure aconselhamento de um profissional da saúde registrado.